Sapato que pertenceu a Maria Antonieta foi leiloado em Versalhes por mais de 280.372 reais!

Um elegante sapato, confeccionado em couro de cabra e seda branca, foi leiloado em Versalhes no sábado passado pela impressionante soma de 43.750 euros (aproximadamente 280.372 reais). O valor exorbitante se deve não apenas à antiguidade da peça, uma vez que se tratada de um calçado original do século XVIII, como também pelo nome de seu antigo proprietário: Maria Antonieta, a última rainha do absolutismo francês. Conhecida por ser uma mulher de gostos extravagantes, mesmo para os padrões da realeza francesa, a esposa de Luís XVI foi dona de um dos guarda-roupas mais impressionantes da Europa, que ocupava cerca de três cômodos do palácio de Versalhes. Seu estilo de vida dispendioso acabou por transforma-la em um símbolo da arrogância e da decadência da antiga aristocracia.

Com a Revolução Francesa, a imensa coleção de roupas e joias da rainha foi destruída. Atualmente, pouquíssimas peças dela sobreviveram e podem ser vistas em museus da França e de outras partes do mundo. O sapado em questão (sem par), contém o nome da soberana gravado na parte de trás. Ele mede 22,5 centímetros (8,8 polegadas), com um salto de 4,7 centímetros (1,85 polegadas) de altura. Diz-se que está em boas condições, sendo a única exceção um ligeiro desgaste na seda. Para os padrões europeus, o calçado da rainha aponta para um pé tamanho 36 (34 no Brasil). O preço inicial do leilão, estipulado pela Casa Osenat, variava a entre 8.000 a 10.000 euros. Mas o comprador, que preferiu não se identificar, o adquiriu pela soma de 43.750 euros.

Durante os anos turbulentos da Revolução Francesa, o sapato parou nas mãos de Marie-Emilie Leschevin, uma amiga íntima da camareira-mor da rainha, Madame Campan. Sua família reteve o calçado ao longo de gerações e, 227 anos depois, decidiu leiloa-lo. Como tudo ligado ao nome de Maria Antonieta gera dinheiro, então era de se esperar que a peça atingisse uma soma muito superior ao seu preço inicial. A casa Osenat disse que, assim que o sapato foi anunciado, compradores do mundo todo ligaram demonstrando interesse. No ano passado, uma exposição na Conciergerie, a antiga prisão de Paris onde Maria Antonieta ficou encarcerada antes de ser executada, fez uma ligeira mudança em sua exposição permanente sobre a última rainha, passando a incluir mais de pinturas, mangás, filmes e até bonecas Barbie. Em maio, um baú de viagem pertencente a soberana atraiu forte licitação em um leilão, assim como um pano estampado que ela usou em 1775, durante a coroação de Luis XVI.

Fontes:

Courthouse News Service e Bangkok Post – Acesso em 24 de novembro de 2020.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s