“Que comam brioches”: cinco Fake News que destruíram a reputação de Maria Antonieta!

Por: Renato Drummond Tapioca Neto Não é de hoje que notícias falsas circulam pelos meios de comunicação, trazendo para a população informações equivocadas e, muitas vezes, mal intencionadas. Desde o surgimento da imprensa tipográfica que as chamadas Fake News escandalizavam os leitores com seus panfletos de conteúdo debochado e carregados de críticas ao governo, bem…

Os 10 maiores tumultos protagonizados por rainhas, ao longo da história

Por: Renato Drummond Tapioca Neto Escândalos privados, ostentação com o dinheiro público, despotismo, traições, conspirações e intrigas foram algumas das causas que levaram os regimes absolutistas a serem derrubados ao redor do mundo. Algumas histórias, entretanto, se mantiveram bastante acesas no imaginário popular e são continuamente atualizadas, diminuídas ou exageradas, conforme as intenções do narrador…

Maria Antonieta, rainha da França: uma vida em 10 objetos

Por: Renato Drummond Tapioca Neto Maria Antonieta de Habsburgo-Lorena, rainha da França, é, definitivamente, uma das personagens mais famosas da história. O marketing em torno de sua imagem continua tão forte quanto o fora em seu tempo de vida. Tudo ligado ao seu nome logo vira tendência: desde artigos de confeitaria, souvenires, a itens de…

A “espiã austríaca” e a “mulher alemã”: paralelos entre Maria Antonieta e Alexandra Feodorovna

Por: Renato Drummond Tapioca Neto A Revolução Francesa (1789) e a Revolução Russa (1917) foram dois marcos divisores de água na História Mundial. A primeira, destituiu o regime absolutista e instalou a burguesia no poder. A segunda, depôs uma dinastia de mais de 300 anos e a substituiu pela ditadura do proletariado. Na confluência desses…

Maria Antonieta e o dito “que comam brioches”

Por: Adriel Dalmolin Zortéa[1] Maria Antonieta, nascida em 02 de novembro de 1755, na Áustria, filha dos Imperadores do Sacro-Império Romano, Maria Teresa e Francisco Estêvão, cresceu no ambiente relativamente informal da corte de Viena, onde havia certa distinção entre cerimônias de caráter público e vida privada. A escritora Antonia Fraser ressalta “a intimidade burguesa da…