Joias de afeto: os mementos com mechas de cabelo dos familiares da rainha Vitória!

Por: Renato Drummond Tapioca Neto

Vitória do Reino Unido foi não só uma das personalidades mais famosas de seu tempo, como também uma das mais excêntricas. A icônica rainha inglesa acumulou ao longo de sua vida uma vasta coleção de objetos, que remontavam à sua infância, juventude, vida de casada e viúva. Entre as muitas peças de vestuário, retratos, cartas, joias e propriedades, a soberana possuía uma interessante coleção de relicários contendo mechas dos cabelos de seu marido, filhos, mãe e amigos próximos que haviam falecido antes dela. Os chamados mementos eram artefatos muito comuns entre a aristocracia do período, mantidos como símbolos de afeto por alguém. Podiam ser distribuídos em sinal de amizade ou então fabricados como uma lembrança de um ente querido que havia partido. Recentemente, um leilão de alguns mementos que pertenceram à rainha Vitória foi anunciado pela Sotheby. As delicadas peças possuem fios do cabelo da duquesa de Kent, mãe da monarca (falecida em 1861), e de sua filha Alice, grã-duquesa de Hesse (falecida em 1878).

Mementos da rainha Vitória.

Após a morte do príncipe Albert, em 14 de dezembro de 1861, a rainha Vitória adotou um luto rigoroso, que se estendeu até o fim de seus dias. A imagem da soberana coberta com tecidos negros e com uma expressão carrancuda no rosto ofuscou quase completamente a lembrança mais alegre de tempos passados. As vestes opulentas e coloridas foram substituídas por trajes mais simples e as riquíssimas joias cederam espaço para broches contendo fios de cabelos dos seus entes mais amados, os chamados mementos. Como os cabelos são uma parte do corpo que geralmente sobrevivem ao seu dono, então muitas pessoas no século XIX mantinham uma mecha ou um punhado de fios de alguém querido para guardar sua lembrança de forma tangível. Até mesmo pulseiras e colares podiam ser fabricados a partir desses fios de cabelos trançados! A rainha Vitória possuía uma grande quantidade de mementos, além de moldes esculpidos das mãos e dos pés de seus filhos e marido. Parte desse objetos foram depositados no caixão da soberana, conforme seu último desejo.

Broche incrustado com diamantes, contendo uma mecha de cabelo da princesa Alice.

O memento carrega a inscrição “Querida Alice”, com a data de morte da princesa, 14 de dezembro de 1878.

Com efeito, alguns desses artefatos ligados ao luto da soberana serão leiloados 120 anos após sua morte. Eles foram transmitidos pelos descendentes de Vitória e agora podem ser admirados pelo público pela primeira vez em décadas. As joias revelam um “lado íntimo” da monarca, principalmente por terem sido utilizados como uma forma de consolo por ela após a perda de três de seus nove filhos, de seu marido e sua mãe. Ela acreditava estar mais perto dos seus entes amados, mantendo um pequeno “pedaço” de cada um deles junto a si. As joias que serão leiloadas pela Sotheby no dia 24 de março de 2021 são compostas de um botão, um broche e pingentes, desenhados especialmente para abrigar os retratos e mechas de cabeço da duquesa de Kent e da princesa Alice. Essa última, por sua vez, é bisavó do príncipe Philip, marido da atual rainha, Elizabeth II.

Outro memento da princesa Alice, confeccionado em pedra ônix e decorado com pérolas.

Segundo David Macdonald, especialista da Sotheby e mestre do leilão, os mementos da rainha rainha Vitória “são quase de outro nível”, por sua característica biográfica. “Você pensa em Vitória e imagina as grandes joias de estado, os diamantes, o Koh-i-Noor, todas essas pedras. Essas joias são muito mais íntimas, seu valor não se dá através de grandes diamantes… está na expressão plena, uma expressão emocional e profundamente pessoal sobre a perda e o amor”, disse David. As peças foram herdadas pela neta da rainha, a princesa Victoria de Hesse, filha da princesa Alice. A partir de então, permaneceram entre os seus seus descendentes através de gerações até chegarem às mãos de Patricia Knatchbull, 2ª condessa Mountbatten da Birmânia (trineta da rainha Vitória). Elas teriam sido encontradas “na gaveta de uma casa de família” e estão sendo leiloadas junto a outros bens da condessa.

Pingente contendo um retrato da duquesa de Kent, acompanhado de uma mecha de seus cabelos. Foi dado à rainha Vitória pelo seu marido, o príncipe Albert.

Conforme esclareceu David Macdonald: “A existência deles não era conhecida… Nós os encontramos enquanto trabalhávamos no leilão. Portanto, eles estão em situação irregular e são uma descoberta realmente interessante”. Na opinião do especialista: “Eu adoraria que eles fossem para uma instituição britânica, um museu britânico seria maravilhoso… (ou) acabar com alguém que seja fascinado pela história britânica, pela rainha Vitória, e particularmente por esse tipo de lado pessoal”. Um dos objetos, um pingente de ágata e diamantes, foi encomendado pelo príncipe consorte após a morte da duquesa viúva de Kent, Vitória de Saxe-Coburgo-Saalfeld, em 16 de março de 1861. Ele contém uma fotografia da duquesa em um dos lados do fecho e no outro uma mecha de seus cabelos, acompanhados de uma “comovente inscrição”, feita pelo próprio Albert. Infelizmente, o príncipe consorte faleceria no mesmo ano em que deu o broche de presente para a esposa.

Inscrição feita pelo príncipe Albert no verso do pingente.

De acordo com Macdonald, “isso teria várias camadas de significado para Vitória”. Os outros dois mementos, um pingente e um botão, guardam a memória da terceira filha da rainha, a princesa Alice, que morreu de difteria aos 35 anos, em 14 de dezembro de 1878. Para o especialista da Sotheby, o valor individual de cada objeto pode variar de 1.000 a 3.000 libras. “Você não olha para eles e pensa, ‘Ahhh’. É só quando os maneja que você percebe que eles realmente são um tesouro, com as descrições e as mechas de cabelo… E além disso, tê-los diretamente da mão de Vitória através de seus descendentes. Para mim, eles falam não tanto de Vitória, rainha e imperatriz, e sim de Vitória, mãe e esposa”. A Sotheby de Londres vai realizar o leilão da coleção de Patricia Knatchbull, 2ª condessa Mountbatten da Birmânia, no dia 24 de março de 2021 e os lotes ficarão expostos na New Bond Street, de 20 a 23 de março.

Fontes: Sky News e The Irish News

2 comentários sobre “Joias de afeto: os mementos com mechas de cabelo dos familiares da rainha Vitória!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s