Princesa Margaret Rose do Reino Unido: uma vida através de fotografias!

Por: Renato Drummond Tapioca Neto

Margaret Rose do Reino Unido entrou para a história como o epítome da princesa rebelde, cujo comportamento e estilo de vida estavam mais sintonizados com o padrão das celebridades de Hollywood do que em harmonia com a família real. Nascida na Escócia, no ano de 1930, ela era a segunda filha do duque de York, mais tarde rei George VI. Sua infância foi marcada pela crise de abdicação de 1936 e pela Segunda Guerra Mundial, quando ela e sua irmã (a atual rainha Elizabeth II) viviam em reclusão no castelo de Windsor. Após o término do conflito, a segunda filha do soberano foi tragada pelos holofotes da mídia, especialmente por seu affair com o capitão Peter Townsend e posteriormente por seus escândalos extraconjugais com o marido, Antony “Tony* Armstrong-Jones, conde de Snowdon. Em seguida, ela passou a levar uma existência mais reclusa e longe do furor sensacionalista da imprensa, em conformidade com suas obrigações como irmã da soberana reinante. Nas últimas décadas de sua vida, Margaret foi vítima de uma série de derrames e acidentes que comprometeram demasiadamente a sua saúde. Ela faleceu no dia 9 de fevereiro de 2002, aos 71 anos de idade.

No ano de 2016, a vida da princesa Margaret Rose se tornou objeto de fascínio junto ao grande público, em grande parte devido à produção da série “The Crown” pela Netflix. Interpretada pelas atrizes Vanessa Kirby e Helena Bonham Carter, a irmã da rainha Elizabeth II conquistou um novo grupo de admiradores (assim como de detratores), embalados pela narrativa da princesa que precisou sacrificar seu amor da juventude em nome da tradição, passando a levar uma existência bastante infeliz, entorpecida pelo vício do álcool e do cigarro. Em “The Crown”, observamos a degradação da personagem, em meio àquele universo de palácios e regras antiquadas. Apesar da licença poética inerente a uma produção ficcional (com situações e falas inventadas), o roteiro de Peter Morgan soube captar com precisão a essência da personagem e os conflitos internos que ela travou consigo. Nessa matéria, apresentamos a trajetória de Margaret através de algumas fotografias selecionadas pela revista Tatler (clique aqui), que abarcam a infância da princesa, sua juventude, casamento e a vida depois do divórcio.

A princesa Margaret Rose, aos dois anos, e sua irmã Elizabeth, aos seis, em 1932.

A família real em 1937, na coroação do rei George VI, que subiu ao trono após a abdicação de seu irmão, Edward VIII.

A família real em 1937. Da esquerda para a direita: o rei George VI, a princesa Elizabeth, a rainha-mãe Elizabeth Bowes-Lyon e a princesa Margaret.

A princesa Margaret assistindo Red Riding Hood no Royal Opera House, em 1939. Nesse mesmo ano, ela e sua irmã Elizabeth foram enviadas para a segurança do castelo de Windsor, enquanto a Inglaterra mergulhava na Segunda Guerra Mundial contra a Alemanha.

A princesa Margaret aos 12 anos, em 1942. Nessa época, ela e sua irmã Elizabeth eram vestidas como se fossem gêmeas, apesar de possuírem temperamentos bastante diferentes.

As princesas Elizabeth e Margaret, em 1945. Pouco antes do término da Segunda Guerra, a herdeira do trono ingressou como voluntária no Serviço Territorial Auxiliar, como mecânica.

Margaret aos 16 anos, em 1947.

A princesa em 1948, quando começou a atrair a atenção da mídia por seu charme hollywoodiano.

Em 1948, durante um baile em Edimburgo.

Em 1948, durante uma apresentação do ballet.

Usando Dior para as lentes de Cecil Beaton, durante uma sessão de fotos para seu aniversário de 19 anos.

Margaret em 1951, em foto comemorativa do seu aniversário de 21 anos. Por volta dessa época, seu romance com o capitão Peter Townsend dava seus primeiros passos.

Em 1951, durante um baile de caridade em Paris.

Em 1953, em um baile em Savoy. Nesse mesmo ano, sua irmã foi coroada soberana do Reino Unido.

A rainha e sua irmã chegando em Ascot, em 1955. Aos 25 anos, Margaret estava no auge de sua beleza.

Margaret em 1956, durante sua turnê pelo Quênia.

A princesa rebelde em West Malling, Kent, no ano de 1957. Infelizmente, o vício no cigarro acabaria por comprometer o funcionamento de parte do pulmão de Margaret, anos mais tarde.

Dançando a Portland Fancy com Jackie Toaduff, em 1958.

Após o fracassado romance com Peter Townsend, Margaret se casou em 1960 com o fotógrafo Antony “Tony” Armstrong-Jones. A partir de então, ficaram conhecidos como conde e condessa de Snowdon.

A princesa Margaret durante sua lua de mel pelas Índias Ocidentais, em 1960.

Margot e Tony em 1960, atendendo na Royal Opera House.

Em 1961 nasceu seu primeiro filho, batizado de David, visconde Linley.

Com o filho recém-nascido, em 1961.

A princesa Margaret aos 31 anos em 1961, em Quaglino.

Em 1963.

Atendendo no baile georgiano, oferecido na Mansion House em 1964.

Presenteando o jogador de futebol Brian Labone com a taça da FA, em 1966.

Margaret usando um conjunto composto por colar, brincos e tiara de turquesas persas, durante uma apresentação de “A Megera Domada”, em 1967.

Com o marido Tony em Nassau, no ano de 1967.

A família Snowdon, em 1972. Da esquerda para a direita: David, visconde Linley, Antony, conde de Snowdon, a princesa Margaret e Lady Sarah, Por essa época, o casamento da condessa era abalado por escândalos extraconjugais de ambas as partes.

Margot e Tony em 1976. No ano seguinte, eles se separavam. O divórcio ocorreu formalmente em 1978. A mídia alardeou o primeiro divórcio real desde Henrique VIII e Ana de Cleves, em 1540.

A princesa Margaret aos 51 anos, em 1981, durante um evento de gala no Bob Hope.

3 comentários sobre “Princesa Margaret Rose do Reino Unido: uma vida através de fotografias!

  1. Amei essas informação sobre a Margareth, parabens Renato. Lhe conheci atraves do canal do Paulo Rezzutti, vc fizeram uma life. Forte abraço!

    Curtir

  2. Margareth Rose nasceu em berço de ouro sendo filha dos Reis George vi e Elizabeth do Reino Unido. Era muito bela, muito mais bela do que a irmã mais velha Elizabeth ii, actual rainha da Inglaterra. Entretanto, o percurso de sua vida demonstra que não foi feliz no amor e entretanto, sua irmã mais velha foi feliz no amor. O percurso de sua vida também demonstra que não teve a força de carácter que sua irmã mais velha tem. Margareth Rose envolveu-se em diversos escândalos de natureza sexual. Entretanto, sua irmã mais velha e actual Rainha da Inglaterra tem um cadastro comportamental limpo e uma força de carácter ímpar para aguentar e gerir diversas contrariedades.No entanto, o povo inglês amou a Princesa Margareth Rose até a sua morte

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s