“Becoming Elizabeth”: nova série da Starz será focada na vida da jovem rainha Elizabeth I

Por: Renato Drummond Tapioca Neto

O reinado de Elizabeth I da Inglaterra é um dos períodos da história mais adaptados tanto para o teatro, quanto para a televisão e o cinema. A maior parte dessas produções tem por função não apenas entreter o público de telespectadores, mas principalmente reforçar suas conexões com o passado. Filmes como “Elizabeth” (1998) e “Elizabeth: The Golden Age” (2007) apresentam uma visão romântica do período elisabetano, como uma das fases de maior prosperidade da Grã-Bretanha, igualada em termos de grandeza apenas à Era Vitoriana, no século XIX. Por outro lado, muito pouco foi explorado sobre os dias de juventude da monarca, quando ela era apenas conhecida como Lady Elizabeth, a filha do rei. Tendo isso em mente, a Starz, produtora conhecida por suas séries ambientadas em épocas passadas, está preparando um novo drama sobre a filha de Henrique VIII e Ana Bolena. Dessa vez, a série será focada nos anos de sua adolescência, quando era a terceira na linha sucessória e com poucas chances de herdar o trono, vivendo na casa da madrasta, Catarina Parr.

Alicia von Rittberg como Lady Elizabeth, e Tom Cullen como Thomas Seymour, em cena de “Becoming Elizabeth”.

Em 1953, a MGM lançou o longa-metragem Young Bess (no Brasil, A rainha Virgem), focado na vida da princesa logo após a morte de seu pai, em 1547. O filme era uma adaptação da trilogia de romances da escritora inglesa Margaret Irwin, cujas obras abarcavam a juventude de Elizabeth dos 13 anos até sua ascensão ao trono, em 1558. O primeiro volume da saga chegou a ser publicado no país pela Editorial Brasil sob o título de A Alvorada do Amor de Elizabeth, com tradução de Inah Ribeiro e Oliveira Ribeiro Neto. De lá para cá, pouquíssimas obras sobre esse período da existência da monarca foram lançadas no mercado editorial, com exceção para a biografia escrita pelo historiador David Starkey, Elizabeth: Apprenticeship (2000), a obra de Alison Weir, The Children of Henry VIII (1996) e os romances de Robin Maxwell e Philippa Gregory. O mesmo pode ser dito quando partimos para um levantamento de filmes e séries. Com exceção da terceira e quarta temporada de The Tudors (2009-2010), muito pouco se viu sobre a personagem nessa fase de sua vida.

Alicia von Rittberg nos bastidores da gravação de “Becoming Elizabeth”.

Sendo assim, a produtora Starz, que traz em seu bojo séries de sucesso como The Wihite Queen (2013), The White Princess (2017) e The Spanish Princess (atualmente em sua segunda temporada), anunciou a gravação de mais um drama de época ambientado no período Tudor. Becoming Elizabeth vai explorar os percalços da herdeira do trono inglês, quando ela era um membro menos proeminente da Casa Real. De acordo com uma nota emitida pela produtora: “Muito antes de ascender ao trono, a jovem Elizabeth Tudor era uma adolescente órfã que se envolveu na política sexual e política da corte inglesa. A morte do rei Henrique VIII desencadeia uma perigosa luta pelo poder. Seus filhos sobreviventes se encontram como peões em um jogo entre as grandes famílias da Inglaterra e as potências da Europa, que disputam o controle do país”. Como em outras adaptações da história inglesa feitas pela Starz, Becoming Elizabeth deve utilizar os fatos apenas como pano de fundo para uma trama recheada de intrigas e amores proibidos.

Bastidores da gravação de “Becoming Elizabeth”, novo drama da Starz.

Por muitos anos, Elizabeth suportou o fardo de ser chamada de bastarda e filha de uma concubina. Inclusive, havia aqueles que diziam que ela não era filha do rei, mas de um suposto amante de sua mãe. A sexualidade feminina quase sempre fora alvo de escrutínio público e político. Uma conduta recatada era exigida para as mulheres da aristocracia, que aspiravam ao casamento. Em breve a própria Elizabeth sentiria na pele os transtornos que uma conduta considerada fora da norma poderia lhe causar. Nesse caso, me refiro ao episódio envolvendo Thomas Seymour. Pouco depois da morte de Catarina Parr (1548), seu viúvo passou a cortejar a irmã do rei Edward VI sem o consentimento real. Na época, Elizabeth era uma moça de 14 anos. Infelizmente, o caso se tornou de conhecimento público, alimentado por todo tipo de falatório. A reputação da jovem ficou prejudicada e Thomas Seymour foi decapitado por alta traição, devido às ações que ele tomou contra seu irmão, o Lorde Protetor, Edward Seymour.

Bastidores da gravação de “Becoming Elizabeth”, novo drama da Starz.

Com efeito, o elenco de Becoming Elizabeth já foi escalado e as filmagens já começaram. No papel principal, temos a atriz alemã Alicia von Rittberg, que dará vida à filha de Henrique VIII e Ana Bolena. O ator Tom Cullen viverá Thomas Seymour, enquanto Jessica Raine será Catarina Parr e Romola Garai será a princesa Maria, irmã mais velha de Elizabeth. Algumas imagens dos bastidores da série foram divulgadas nesta semana, mostrando o elenco caracterizado de acordo com seus personagens. Nas fotos, é possível ver Alicia usando um capelo francês em formato de meia-lua, que segue a moda do final da década de 1540. As cenas começaram a ser gravadas em dezembro de 2020, contando com uma equipe de roteiristas composta apenas por mulheres. O lançamento está previsto nos Estados Unidos pela Starz ainda para este ano. Assista abaixo ao vídeo de apresentação da série, com entrevistas do elenco e cenas dos bastidores:

Fontes:

TATLER – Acesso em 20 de maio de 2021.

DAILY MAIL – Acesso em 20 de maio de 2021.

*Contribua para manter o site Rainhas Trágicas na rede, doando qualquer valor na nossa campanha: (clique aqui), ou para o Pix 05263065566. Sua ajuda é muito importante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s