Os Romanov como você nunca viu: fotos raras mostram a intimidade da família imperial russa

Por: Renato Drummond Tapioca Neto

Quando Nicoulau II da Rússia foi executado junto com sua mulher e filhos na madrugada de 17 de julho de 1918, eles deixaram para trás uma vastíssima coleção de objetos, cartas, peças de vestuário e fotografias que nos contam como era a vida da realeza russa no período pré-revolucionário. A maioria dos retratos veiculados dos Romanov mostram-nos quase sempre em pose e com expressões sérias (como podemos observar na foto de capa desse post), enaltecendo assim a imagem de uma família martirizada pelos bolcheviques. Contudo, uma coleção de fotografias íntimas captura os últimos governantes da Rússia Imperial de uma forma pouco comum, despojada de todos os paramentos monárquicos que até então estamos acostumados a ver. As fotos foram feitas entre 1915 e 1916, um ano antes de Nicolau abdicar do trono e ser mantido prisioneiro com os demais membros da família. Algumas delas retratam situações bem cômicas, já outras demonstram um lado mais solidário por parte dos fotografados. Vejamos então algumas desses interessantes registros.

Nesta foto tirada em 1915, Nicolau e suas filhas (Maria, Anastásia, Olga e Tatiana) olham solenemente para a câmera. O czar parece estar orgulhoso em seu uniforme militar!

Nesta foto Nicolau e suas filhas (Maria, Anastásia, Olga e Tatiana) olham solenemente para a câmera. O czar parece estar orgulhoso em seu uniforme militar!

Aqui temos Anastásia, Olga e Maria com seu irmão Alexei em um dia na praia.

Aqui temos Anastásia, Olga e Maria com seu irmão Alexei em um dia na praia.

Anastásia era tida como a filha mais travessa de Nicolau e Alexandra. Nessa foto fodemos ver a Grã-duquesa fazendo careta para a câmera, usando uma dentadura.

Anastásia era tida como a filha mais travessa de Nicolau e Alexandra. Nessa foto podemos ver a Grã-duquesa fazendo careta para a câmera, usando uma dentadura.

Czar Nicolau II

Czar Nicolau II

O czar Nicolau II era um homem apaixonado por fotografias, o que pode ser comprovado pelas inúmeras fotos que ele tirou. Passou sua paixão para Maria, terceira filha do casal de monarcas. Foi ela a responsável por colorir a maioria das imagens que fazem parte desta coleção. Muitas das fotos mostram a família dando assistência aos soldados feridos na Primeira Guerra Mundial. Como a situação interna da Rússia se agravou em 1917, o país teve que se retirar do conflito. Um ano depois o estado do país já era calamitoso: devido ao rigoroso inverso e à escassez de alimentos, muitas pessoas saíram nas ruas quebrando vitrines para obter pão e outros gêneros de primeira necessidade.

Foto-dei-Romanov-191516-10

Nicolau e suas filhas visitam saldados russos feridos na Primeira Guerra.

Nicolau e suas filhas visitam saldados russos feridos na Primeira Guerra.

A felicidade antes da tempestade: O czar Nicolau II com seu filho Alexei e as filhas Olga e Tatiana.

A felicidade antes da tempestade: O czar Nicolau II com seu filho Alexei e as filhas Olga e Tatiana.

O sentimento anti-alemão era muito forte na Rússia durante aqueles anos. Cartazes com os dizeres “abaixo à mulher alemã”, em referência à czarina Alexandra, ou “abaixo o czar” eram muito frequentes nas ruas. Quando a Revolução estourou em 1917, Nicolau não teve escolha a não acatar as ordens do partido Soviete e abdicar do trono em 2 de março daquele ano. Ele e sua família se entregaram à tutela do Governo Provisório, vivendo a partir de então isolados em seu palácio e com considerável conforto.

Nicolau II passou seu amor pela fotografia à filha Maria, responsável por colorir as presentes imagens.

Nicolau II passou seu amor pela fotografia à filha Maria, responsável por colorir as presentes imagens.

Muitas das fotos foram tiradas pelo próprio Nicolau, que era uma espécie de fotógrafo amador.

Muitas das fotos foram tiradas pelo próprio Nicolau, que era uma espécie de fotógrafo amador.

Maria, Olga e Tatiana Romanov.

Maria, Olga e Tatiana Romanov.

Em 1918 a situação ficou ainda mais crítica para os Romanov. Foram transferidos do palácio para uma espécie de fortaleza em Ekaterimburgo, Tentativas de resgate para a família imperial foram feitas pelas tropas brancas, o que deixou os bolcheviques ainda mais furiosos. Enquanto Nicolau vivesse ele seria um foco para as investidas pró-monarquistas, além de um símbolo do regime que acabava de ser derrubado. Então, na madrugada de 17 de julho, ele e sua esposa, filhas, filho e mais três empregados foram despertados e escoltados para um porão, com a desculpa de que seriam fotografados, da mesma forma como fizeram em várias ocasiões, provando assim que ainda estavam vivos.

Olga Romanov deitada em sua cama.

Olga Romanov deitada em sua cama.

Olga Romanov e um soldado não identificado.

Olga Romanov e um soldado não identificado.

Olga Romanov e uma pessoa não identificada.

Olga Romanov e uma pessoa não identificada.

Após alguns minutos esperando um fotógrafo que jamais apareceria, um comitê entrou no quarto e anunciou que Nicolau e toda a sua família deveria ser executada. Imediatamente mais de 100 tiros foram disparados, ceifando a vida daquelas pessoas. Muitas pessoas acreditaram (e ainda há quem acredite) que Anastásia e Alexei, os filhos mais novos do casal de imperadores, conseguiram sobreviver. Essa engano só foi desfeito quando, em 2007, seus remanescentes humanos finalmente foram encontrados. Contudo, até hoje eles habitam o imaginário popular, dividindo opiniões de pesquisadores e entusiastas ao redor do mundo.

Maria, Anastásia e Olga Romanov.

Maria, Anastásia e Olga Romanov.

Observação: O objetivo desse post não foi isentar ou atribuir culpa ao czar Nicolau e sua família pelos acontecimentos que culminaram na revolução. Limitei-me apenas a uma breve narração da história para contextualizar as fotografias, deixando o resto por conta da interpretação pessoal. Acredito que as imagens possam falar mais do que as palavras!

Fonte: Daily Mail

Anúncios

26 comentários sobre “Os Romanov como você nunca viu: fotos raras mostram a intimidade da família imperial russa

    • Ele talvez foi um grade pai de familia, um cara legal de gosto simples, mais um grade czar não. Ele não foi feito para ser czar. Só duas vezes foi até Moscou não conhecia o país nem seu povo, ficava só no imenso palácio Tzarcolé Seló cercado de uma elite nobre extremamente rica e não sequer sabia que o povo russo passava fome. Na biografia dele tem seus diários e Nicolau e familia, assim como os nobres da corte só pensava em férias na Criméia, quando os alemães invadiu a Rússia na primeira guerra o czar foi pra frente de batalha. Era o mínimo que se podia esperar dele, mas a situação de falta de comida no país devido a recente guerra RUssia/Japão já estava desesperadora. Ai n deu. Os operário s partiram para a revolução.

      Curtir

    • Milhões de camponeses e operários russos morriam de fome e frio nos campos e nas cidades mas o grande homem vivem faustosamente nos seus palácios incessível ao destino de seu povo. A dinastia dos Romanov atormentaram o povo russo durante séculos. A população não aguentava mais sustentar uma elite perdulária que vivia sustentada pelo tesouro sem resolver os problemas cruciais da nação. Lênin não foi um demônio, foi um visionário patriota que queria modernizar e transformar a Rússia numa nação moderna e democrática. Leia-se democracia ativa e não representativa.

      Curtir

    • Aproveite o seu tempo livre para ler um pouco mas de história mundial . O que quer dizer com “fraco”? Só porque ele foi destronado e morto?

      Curtir

    • Não, porque ele foi controlado pela mãe e depois pela esposa, além do Rasputin, claro. Um governante alheio aos problemas da população e preocupado apenas com questões familiares é um homem fraco para mim. Acho que você que está precisando ler um pouquinho.

      Curtir

  1. A situação histórica foi toda muito complicada e triste, pois o povo estava vivendo em condições horríveis, os problemas da 1º Guerra e o Lênin trouxe uma ideia que no papel parece linda, mas na prática é bem difícil de ser posta com sucesso, e a família de Nicolau II poderia ter tido um final melhor, sem dúvida, pois a morte deles foi terrível também.

    Curtir

    • Caso o rei da Inglaterra tivesse cumprido com sua palavra e resgatado seu primo, com certeza o final dele e de sua família poderia ser diferente 😦

      Curtir

  2. lolada

    Agora vivemos melhor???
    não sou a favor de monarquias nem elites, mas sem caracter são homens do”povo” a roubarem o “povo”. Afinal mataram-se pessoas, rolaram cabeças por muito menos do que os politicos corruptos fazem agora ao “povo”… eram contra aos monarcas e seus luxos, mas quando se apanham no poder, vão viver para os belos Palácios!!! Pobres e ricos sempre existiu e cada vez mais a diferença é notória!! (quem não gosta do que é bom)????

    Curtir

  3. Muito excelente da sua parte dispor de tempo para compartilhar assuntos interessantes e que acrescentem para entendermos melhor as histórias que se passaram no mundo. Não me entenda mal, mas notei que no comentário da foto em que a menina Anastásia aparece descontraída, com olhos “tortos” e dentadura, está escrito “fodemos”. Seria “podemos”?…

    Curtir

  4. Anastásia era tida como a filha mais travessa de Nicolau e Alexandra. Nessa foto fodemos ver a Grã-duquesa fazendo careta para a câmera, usando uma dentadura. Muito interessante! Só conserta a legenda!

    Curtir

  5. o comunismo e sem duvida um canser no seio da umanidade , e vem de longe fazendo estragos na historia dos povos , infelismente vem crecendo na america do sul

    Curtir

    • “Vem de longe” desde quando, exatamente? Desde Cristo?
      A Revolução Russa foi como qualquer outra do tipo. Foi com ideais socialistas, mas poderia ter sido por ideais cristãos, muçulmanos, liberais, civis.

      Curtir

  6. Acredito que sim, a Anastasia viveu sua vida, porque não há como provar que o corpo e dna encontrado eram dela realmente,podia ser de qualquer parente da família também que seja próximo, também acredito que a Ana não era realmente a Anastasia e que era alguém muito próxima a família,se vocês virem uma foto que a Olga está com uma mulher desconhecida, é parecida com essa Ana. Também percebi pelas fotos que a Anastasia era bem próxima ao irmão mais novo do que as outras irmãs.
    Não há culpa no czar para merecer algo pior que a morte como está. A Rússia como o mundo, talvez tenha sido diferente em sua administração, mas onde você olha e vê direito, enxerga algo pior que naquele tempo onde a diferença é bem maior, a maldade bem maior,quem é político ainda manda no país e possuí o maior dinheiro do país enquanto a população o menor, além de quando se há uma revolução ou um ato em que a população sai as ruas ainda se hão lideres que procuram seus próprios interesses como nos casos anteriores que ocorreram ao longo da história.
    Bom, se diz que alguém que liga para família, é um alguém fraco. No ponto de vista está totalmente errado, isso demonstra honra e que é uma pessoa leal ao que busca e tem. Não há como provar se Nicolau seguiu ao que diziam, no é algo fácil ser um czar e agradar a conduta e opinião que todos querem ouvir ou que a maioria quer que tenha, as vezes você tem que ouvir, outras vezes ir contra todos pelo bem de todos, como sempre a humanidade apenas buscou os próprios interesses e apenas chegamos ao precipício todas as vezes, como agora estamos. Os políticos buscam seus interesses e o que os mantém no poder, o povo busca o melhor que acha que algum desses políticos dará para eles e assim uma sucessão de acontecimentos acontecem ou irão acontecer ao longo da história. A liberdade, é um ato diário de luta. Não hão lideres que não buscaram ser e ter o melhor estando no poder e que irão querer o melhor para si e sua família. Todos querem poder e ninguém no mundo que não busque esse poder é ouvido. Então, os erros e crueldade são em parte de todos e não de um apenas.
    Leia a história e veja a história agora que vivemos. Precisamos aprender com os erros e não viver com repetições sem fim dos mesmos erros subsequencialmente.
    Obrigada!

    Curtir

  7. Fico espantado com a amnésia histórica, principalmente das pessoas escolarizadas que tem fontes idôneas de relatos comprovados. A dinastia Romanov infelicitou o povo russo de 1762 a 1917 quando a revolta de trabalhadores famintos e abandonados tomaram o poder sob a liderança dos bolcheviques. Sabem quantos milhões de russos morreram de fome e frio para que a elite russa tivessem uma vida cheia de riqueza e luxo? Basta ver o último baile da corte um pouco antes da revolução. Só um vestido foi avaliado por 10 milhões de euros em pedras preciosas. Ora pelo amor de Deus todo tirano quando está com sua família parece um pai de família normal. Hitler na intimidade era um cidadão simpático afagando crianças alegremente. Enquanto isso milhões de judeus, russos, poloneses, ciganos, homossexuais, comunistas, esquerdistas e deficientes eram massacrados. Não se iludam com as fotos intimistas do Tsar, não era um idiota, sabia que o povo morria de fome e frio pela terras geladas da Rússia.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s