Ouça: rara gravação recupera a voz de Nicolau II, último imperador da Rússia!

Por: Renato Drummond Tapioca Neto

A dinastia Romanov, casa imperial que governou a Rússia por mais de 300 anos (de 1613 até 1917), produziu alguns dos maiores governantes que a Europa já conheceu, tais como Pedro I, Catarina II e Alexandre II. O último membro dessa longa linhagem de imperadores, por sua vez, permanece sujeito de debates nada enaltecedores dentro da historiografia. Nicolau II herdou a coroa em 1894 após a morte de seu pai, o czar Alexandre III e, junto com sua esposa, a princesa alemã Alexandra Feodorovna, governam um país sacudido por tumultos e greves, que culminaram com a Primeira Guerra Mundial e logo depois com a Revolução que pôs termo ao governo dos czares. Uma rara gravação, feita no aniversário de Nicolau em 1910, registra sua voz enquanto o monarca assistia a uma parada militar, comandada pelo General-Tenente, barão von Eck Eduard Vladimirovich. Escute no vídeo abaixo:

A seguir, traduzimos as falas do vídeo, identificando o momento exato em que podemos ouvir Nicolau:

01 a 04 seg. General-Tenente Edward V. Eck:
“Escute (inaudível)! Irmãos! Eu bebo à saúde do nosso querido Soberano Líder, o Imperador Nicolau Alexandrovich! Viva!”

39 – 41 seg. Vozes das crianças:
“Hurray Hurray!”

05 seg. – 1 minuto. 02 seg. A orquestra toca o hino nacional do Império Russo

1 minuto. 03 seg. – 1 minuto. 12 seg. General-Tenente Edward V. Eck:
“Para a marcha cerimonial – rifle no ombro! Marcha rápida!”

1 minuto. 13 seg. – 1 minuto. 48 seg. A orquestra tocou uma marcha militar de Kroup “Saudade”.

1 minuto. 49 seg. – 1 minuto. 53 seg. Imperador Nicolau Alexandrovich:
“Irmãos! Obrigado pelo desfile completo!”

2 minutos. 08 seg. – 2 minutos. 13 seg. Imperador Nicholas Alexandrovich:
“Obrigado, irmãos, por um excelente aprendizado!”

Ao subir ao trono da Rússia, em 1894, Nicolau se queixou bastante da difícil tarefa que era governar aquele país de proporções continentais. Durante a adolescência, seu pai, Alexandre III, contrariando o precedente imperial, pouco educou seu filho no universo da política ou deixou que ele tomasse participação das reuniões de Estado com os ministros do império. O resultado disso foi um soberano inapto para a função, que acreditava na manutenção da autocracia como forma legítima de governo e que estava pouco disposto a fazer concessões de direitos à população, quando estas eram mais necessárias. Somado a isso, uma crise familiar, provocada pela hemofilia do herdeiro, o czarevich Alexei, fez com que Nicolau e sua esposa tomassem todas as medidas que julgassem necessárias para manter escondida dos olhos do mundo a doença do filho, como se aproximas do charlatão Rasputin, espécie de monge que se dizia ter o poder de curar as dores do príncipe com orações.

Nicolau II e sua família morreram na madrugada de 17 de julho de 1918, fuzilados pelos bolcheviques de Ecaterimburgo. Até hoje, o debate sobre se as mortes da família imperial foram necessárias ou não divide o público, o que demonstra o interesse e o clima de especulação que envolve a vida daquelas pessoas. Algo que, com o passar do tempo, apenas cresceu.

2 comentários sobre “Ouça: rara gravação recupera a voz de Nicolau II, último imperador da Rússia!

  1. Impressionante e uma relíquia pros amantes da história da Monarquia. Nicolau era um homem realmente muito bonito com traços muito marcantes. Estudando mais sobre os Romanov era notável que ele de fato não nasceu pra ser um imperador e sim um pai de família, pois ele e sua esposa eram muito apaixonados.
    E um homem belíssimo tenho certeza que nos dias atuais faria muito sucesso.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s