Feliz Natal!

Nós do Rainhas Trágicas gostaríamos de desejar a todos os nossos leitores e leitoras um ótimo natal e que essa data traga mais encanto e magia nos lares de vocês. Como presente, confeccionamos alguns cartões natalinos, simples, mas feitos com carinho. Eles são em três versões: Ana Bolena, Maria Antonieta e Imperatriz Leopoldina. Contudo, ressaltamos…

As rainhas na obra de George R. R. Martin: Margaery Tyrell, a rainha consorte.

Por: Renato Drummond Tapioca Neto Linda, gentil, inteligente e bem-nascida. A natureza não podia ter sido mais generosa com Margaery Tyrell, filha de um dos grandes lordes de Westeros. Seu destino, contudo, já havia sido traçado ainda quando ela era uma bebê: casar-se com outro grande lorde e com isso firmar uma aliança política entre…

Feliz 2015!

2014 foi um ano muito bom para o Rainhas Trágicas. Nossa página cresceu e com ela um grupo de seguidores fixos, que acompanham nossas atualizações e participam das discussões de forma ativa, seja através de críticas, elogios e/ou sugestões. Para 2015 gostaríamos de reafirmar a nossa parceira com vocês, caríssimos(as) leitores e leitoras, não deixando…

Os ossos sob o chão da Capela: a exumação de Ana Bolena!

Por: Renato Drummond Tapioca Neto Na sexta-feira, dia 19 de maio de 1536, por volta das 8 da manhã, Ana Bolena, Senhora Marquês de Pembroke, recebeu um grupo de guardas liderados pelo guardião da Torre, William Kingston. Vinham para escolta-la até o patíbulo, onde em alguns instantes encenaria o último capítulo da sua turbulenta vida.…

“Eu fiz muitas coisas boas em meus dias” | A religiosidade de Ana Bolena – Parte II (final)

Por: Renato Drummond Tapioca Neto Uma vez coroada rainha da Inglaterra, Ana Bolena aparentemente exerceu significativa influência sobre a pequena facção protestante na corte, liderada por Thomas Cromwell e Thomas Cranmer. A elevação deste último ao posto de arcebispo de Canterbury, por sua vez, fora um passo decisivo no processo de separação entre o rei…