O Massacre de São Bartolomeu: como Catarina de Médici, Elizabeth I e Felipe II reagiram à chacina dos huguenotes na França?

Por: Renato Drummond Tapioca Neto Na madrugada do dia 24 de agosto de 1572, Diego de Zúñiga, embaixador espanhol na corte de França, escrevia freneticamente ao seu rei, Felipe II. Católico fervoroso, tal como seu amo, o diplomata emitia um despacho em que notificava com entusiasmo os terríveis assassinatos que aconteciam pelos bairros de Paris…

Catarina de Médici: livro aborda a face política daquela que ficou conhecida como a dama de ferro da França

FRIEDA, Leonie. Catarina de Médici: poder, estratégia, traições e conflitos – a rainha que mudou a França. Tradução de Luis Reyes Gil. São Paulo: Planeta do Brasil, 2019. O século XVI foi marcado por profundas transformações de ordem cultural, política e econômica. Enquanto o Renascimento se alastrava da Itália para os quatro cantos da Europa,…

Não é um conto de fadas: a condição das princesas no regime monárquico!

Por: Renato Drummond Tapioca Neto Ao longo da Idade Moderna, o casamento entre príncipes e princesas era a principal estratégia entre as casas dinásticas da Europa, para firmar importantes alianças políticas. Nesse negócio, a preparação das mulheres era de suma importância, uma vez que o sucesso da aliança dependia de sua capacidade de gerar herdeiros…

Rainhas Trágicas: mulheres que moldaram a história do mundo

Por: Renato Drummond Tapioca Neto Com os ideais artísticos e humanísticos propagados pelo Renascimento, aliado às revoluções que abalaram o contexto europeu a partir do século XVI, novos hábitos e comportamentos se difundiram, não só entre as camadas economicamente mais elevadas da população, como também entre as mais baixas. Nesse processo, o próprio regime monárquico…

Catarina de Médici: a construção da imagem da rainha como assassina e envenenadora!

Por: Renato Drummond Tapioca Neto Catarina de Médicis, rainha da França, permanece como uma das personagens mais vilipendiadas da história ocidental, especialmente por seu suposto envolvimento (não comprovado, diga-se de passagem), no massacre de São Bartolomeu, chacina que ceifou a vida de milhares de protestantes huguenotes no dia 24 de agosto de 1572. A partir…

A rainha sob a pena de um romancista – resenha de “A rainha Margot”, de Alexandre Dumas.

DUMAS, Alexandre. A Rainha Margot. Tradução de Bruno Ribeiro de Lima e Lara Neves Soares. Barueri, SP: Amarilys, 2016. Personagem hoje bastante conhecido tanto na literatura quanto no cinema, Margarida de Valois (Margot) foi uma das mulheres mais extraordinárias da história da França, tendo levado uma vida bastante incomum para outras princesas de seu tempo.…

Conheça “Rainhas Trágicas”, novo livro do historiador Renato Drummond que aborda a vida de 15 soberanas que deixaram sua marca na História!

Por: Renato Drummond Tapioca Neto Em 2 de outubro de 2012, eu dava início a um novo projeto: compartilhar com o público de leitores interessados os resultados de minhas leituras e reflexões acerca da história das mulheres na realeza europeia e brasileira, através de um blogue. O título escolhido para o mesmo fazia uma referência…

Uma filha de Catarina de Médicis: Margarida de Valois, a famosa rainha Margot – Parte II

Por: Renato Drummond Tapioca Neto Margarida de Valois, rainha de Navarra, viveu numa época de turbulências civis, desencadeadas pelas sucessivas guerras de religião que deixaram a França ensanguentada. Como válvula de escape para aqueles tempos “miseráveis”, ela se entregou aos prazeres da vida, cultivando um gosto pelas coisas belas e que aguçassem seu intelecto. Seus…

Uma filha de Catarina de Médicis: Margarida de Valois, a famosa rainha Margot – Parte I

Por: Renato Drummond Tapioca Neto No antigo regime das monarquias europeias, cada membro das famílias reais tinha uma função específica. Enquanto dos reis e príncipes se esperavam que fossem um modelo de força e virilidade, requisitos necessários para compor a imagem de soberania masculina, das rainhas e princesas se exigiam um comportamento virtuoso e acima…

A dama de ferro da França: Catarina de Médicis e a fatídica noite de São Bartolomeu

Por: Renato Drummond Tapioca Neto Em 1789, quando eclodiu na França uma revolução que mudaria o curso da história, o governo monárquico passou a ser alvo dos mais sórdidos ataques, especialmente os seus representantes. Nem mesmo os reis de outrora foram poupados e, como punição, seus túmulos na basílica de Saint-Denis foram saqueados, em 1793.…