Escute a música mais antiga do mundo já encontrada, pertencente ao norte da Síria!

O assentamento de Ugarit, no norte da Síria, permanecia inabitado desde a era Neolítica, em 6.000 a.C. Porém, no século XV a.C., ela foi transformada numa estratégica cidade portuária, estabelecendo importantes ligações comerciais com o Império Hitita, o Egito, e mesmo a longínqua Chipre. Essas conexões com outras cidades-Estado atingiram seu apogeu entre os anos de 1.450 a.C e 1.200 a.C., período de maior glória de Ugarit, fato que pode ser comprovado mediante as evidências arqueológicas da região. Ali foram erguidos grandes palácios, templos e bibliotecas, contendo placas de argila com escrita cuneiforme. Contudo, além desses vestígios, singulares nesse período, os pesquisadores também encontraram, no ano de 1950, uma placa contendo o trecho de uma partitura musical, composta na língua hurrita, que remete a pelo menos 3.400 anos, sendo, portanto, a mais antiga música do mundo já encontrada até então.

A compilação musical (encontrada sob a forma de um sistema de notação de músicas, gravada em tábuas de argila), é mais conhecida como as “canções hurritas”. Provavelmente, elas eram tocadas com uma lira contemporânea. A maior parte dessas séries musicais eram dedicadas à deusa de Ugarit, Nikkal, mais tarde também adotada com divindade no panteão fenício, protetora dos pomares e jardins. Destarte, uma equipe de especialistas foi capaz de traduzir a escrita cuneiforme das placas contendo as “canções hurritas”, recriando assim a melodia. Abaixo, segue uma versão mais moderna da mesma, baseada numa interpretação feita por Anne Draffkorn Kilmer, professora de Estudos Assírios na Universidade da Califórnia, em 1972.

Caso a versão acima não tenha lhe agradado, é possível conferir a mesma canção, tocada em lira. Os professores Anne Draffkorn Kilmer e Richard Crocker produziram uma variante da melodia, mais de acordo com a forma com que ela era originalmente tocada. O músico Michael Levy também produziu uma interpretação em lira, que pode ser escutada no player abaixo:

Fontes: Realm of HistoryWFMU / MentalFloss – Acesso em 01 de outubro de 2016.

Anúncios

21 comentários sobre “Escute a música mais antiga do mundo já encontrada, pertencente ao norte da Síria!

  1. Interessante pesquisa. Infelizmente acho difícil acreditar que fosse exatamente assim. Tem bastante suposição aí…. Vale a recriação. Mas é música moderna. Uma viagem no tempo, uma tentativa
    Fascinante anyway.

    Curtir

  2. O ser humano é o único ser vivo que é capaz de criar música. Será que que se houver outras civilizações universo a fora, também terão criado música? Como será que se sente um astronauta em pleno espaço ouvindo música (Em especial a trilha de Interestelar de Hanz Zimmer)?

    Curtir

  3. Uma coisa é certa……..não é Rock’n Roll………haehaehahea……..mas me remeteu a sons orientais mesmo……….o toque, a levada calma mas constante…….dá até para imaginar uns hieróglifos dançando…………

    Curtir

  4. Momento de pura emoção. É entrar no tunel de tempo e encontrar esta relíquia, Daqui para a frente, sempre que tiver tempo disponível, vou ouvi-la antes de deitar.

    Curtir

  5. Sem palavras para um achado desses. Espantoso que há 6 mil anos atrás em condições de vida inimagináveis, alguém fizesse música. Uma volta no tempo incrível.

    Curtir

  6. A Internet pode ser e é fascinante quando bem usada, jamais teria acesso à Uma informação dessas se não fosse por este veículo,. Meus parabéns aos idealizadores dessa matéria.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s