“Ele deixou um profundo vazio em minha vida”: rainha Elizabeth II se despede do príncipe Philip!

Por: Renato Drummond Tapioca Neto

“Ele deixou um profundo vazio em minha vida”, disse a rainha Elizabeth II sobre a morte do duque de Edimburgo, na sexta-feira, dia 09 de abril de 2021. Casados desde 20 de novembro de 1947, os dois estiveram juntos pela primeira vez dez anos antes, durante a coroação do rei George VI. Do alto da tribuna real, Elizabeth, então uma princesa de 11 anos, mal deve ter reparado naquele rapaz loiro e franzino que se sentava com os outros convidados presentes na cerimônia, realizada na Abadia de Westminster. Dois anos depois, eles tiveram a oportunidade de se conhecer pessoalmente e uma terna amizade surgiu a partir desse encontro. Com o passar dos anos, o afeto inicial foi dando lugar a um sentimento mais profundo, alimentado pelas cartas trocadas entre ambos, enquanto Philip lutava pelos ingleses na Segunda Guerra Mundial. Uma foto do príncipe da Grécia e da Dinamarca era mantida em cima da cômoda da princesa, no castelo de Windsor. Após o término do conflito, chegou o momento pelo qual os dois tanto aguardavam. Com a bênção do velho rei, sua filha ficou noiva. Dessa união, surgiu uma família numerosa: quatro filhos, oito netos e dez bisnetos.

A rainha Elizabeth II chegando ao funeral do príncipe Philip, na capela de São Jorge, em Windsor.

Neste sábado, dia 17 de abril, a família real se despediu formalmente de seu patriarca, em um funeral realizado para apenas 30 convidados na capela de São Jorge, no castelo de Windsor. Sentada sozinha entre os bancos de madeira da capela, a rainha Elizabeth II assistia ao serviço religioso presidido pelo decano de Windsor, pelo reverendo David Conner e pelo arcebispo de Canterbury, Justin Welby. Com um olhar triste e expressão abatida velada por uma máscara, a rainha dizia adeus ao seu companheiro de 73 anos. A monarca chegou ao quadrilátero do castelo dentro de um automóvel, precedido por uma procissão liderada por membros de sua família. Vestida completamente de preto em sinal de luto, Elizabeth permaneceu sozinha durante a cerimônia, ora com a cabeça erguida, ora abaixada, mas sempre em silêncio. O vazio de sua palavras, porém, falava mais alto do que as vozes do arcebispo e dos membros da congregação. O príncipe Philip foi o consorte mais longevo da história da monarquia britânica e representou a instituição em vários eventos realizados nos quatro cantos do mundo. Segundo o príncipe Andrew, a rainha reagiu à dor da perda de forma muito estoica.

Longe das câmeras desde a trágica notícia do falecimento do príncipe Philip na sexta-feira, dia 09/04, a rainha Elizabeth II foi filmada hoje, enquanto assistia ao funeral do marido na Capela de São Jorge, em Windsor. Os dois foram casados por 73 anos.

Depois da cerimônia fúnebre, o decano deu orientação para que o ataúde com o corpo do príncipe Philip fosse depositado na vala real, localizada embaixo da capela de São Jorge. Construída pelo rei George III, cujo corpo se encontra sepultado no mesmo local, a vala serve com lugar de descanso final para muitos reis e rainhas do passado. Porém, o local será apenas uma residência temporária para os remanescentes do duque de Edimburgo. Após o falecimento da rainha, o caixão de Philip será movido para a capela memorial do rei George VI, para repousar ao lado do de sua esposa. A pedido do próprio duque, que teve tempo de planejar a sua despedida, o término do funeral foi marcado pelo troar das cornetas dos fuzileiros da Marinha Real (da qual Philip fez parte na juventude), soando “Estações de ação”, um anúncio que tradicionalmente seria feito em um navio de guerra, para sinalizar que todas as mãos deveriam se direcionar aos postos de batalha. O arcebispo de Canterbury então pronunciou a sua bênção, antes que a cerimônia fosse concluída com o hino nacional.

A rainha e o duque na Escócia, em 2003.

Assim que a notícia do falecimento do duque foi dada pelo Palácio de Buckingham, seus filhos e netos se pronunciaram a respeito do ocorrido nos seus perfis em redes sociais. Um livro de condolências online foi postado no site oficial da família real. A rainha agradeceu por todas as mensagens de apoio e carinho que recebeu desde o dia 09, com uma belíssima foto do casal tirada na Escócia, em 2003. Na legenda da imagem, postada no Instagram: “Sua Majestade e a Família Real agradecem todas as mensagens de condolências de todo o mundo e ficaram emocionados ao ver e ouvir tantas pessoas compartilhando boas lembranças do Duque, na celebração de sua vida”. Apesar disso, a soberana ainda não se pronunciou oficialmente a respeito da morte do marido, como fez por ocasião do falecimento da princesa Diana em 1997, e da rainha-mãe, Elizabeth Bowes-Lyon, em 2002. Na próxima terça, dia 20/04, ela deve presidir à cerimônia de aposentadoria do lorde Chamberlain, conde Peel, retomando assim seus deveres como soberana. No dia 21, ela completa seu aniversário de 95 anos.

Fontes:

Harper’s Bazar e CNN – Acesso em 17 de abril de 2021.

Um comentário sobre ““Ele deixou um profundo vazio em minha vida”: rainha Elizabeth II se despede do príncipe Philip!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s