Nos embalos da Casa Branca: o dia em que John Travolta tirou a princesa Diana para dançar!

Por: Renato Drummond Tapioca Neto

Na noite de 9 de novembro de 1985, um magnífico jantar fora oferecido na Casa Branca pelo presidente Ronald Reagan e pela sua primeira-dama, Nancy, para cerca de 80 convidados, incluindo políticos, atores e cantores. As maiores figuras de destaque na celebração, porém, foram ninguém menos que Charles, príncipe de Gales, e sua esposa, Diana. O casal estava nos Estados Unidos cumprindo uma agenda oficial de compromissos estipulada pela Coroa Britânica. Assim que chegaram em terras americanas, o presidente quis honrá-los com um elegante evento. Porém, o momento mais impactante da festa aconteceu quando o relógio bateu meia-noite e John Travolta, o astro de Grease, convidou a princesa para uma dança no centro do salão. Os dois permaneceram girando em passos sincopados por pouco mais de 15 minutos, diante de uma plateia deslumbrada, disposta em formato de semicírculo. O que eles não sabiam, contudo, é que essa dança se converteria em um dos episódios mais marcantes de suas carreiras. Anos depois, Travolta afirmou que aquele encontro “foi um dos maiores destaques da minha vida” e “a melhor coisa que me aconteceu nos anos 1980”.

Embora a princesa Diana fosse considerada uma mulher tímida, quando o assunto era moda ela não pensou duas vezes em desafiar o protocolo real e usar peças provocantes que até hoje arrancam suspiros de admiração por parte do público. Para a festa na Casa Branca, ela estava vestido um traje de veludo azul-noturno, desenhado pelo estilista Victor Edelstein, com uma gargantilha composta por vários fios de pérolas presos por uma safira de formato elíptico. Diana o usaria em apenas mais três ocasiões: numa visita à Áustria, em 1986, na Royal Opera House, em 1991, e em 1997, quando posou pela última vez com a roupa para as lentes de Lorde Antony Armstrong-Jones. Poucos meses depois, o vestido foi leiloado juntamente com outras peças do guarda-roupas da princesa, com a intenção de arrecadar fundos destinados a instituições de caridade. Recordando-se sobre o traje da esposa de Charles naquela noite, John Travolta disse que “era definitivamente um vestido de princesa… combinava bastante com ela e era muito bem adaptado ao seu corpo. Eu consigo esboça-lo na minha mente porque era muito detalhado”. Depois de passar pelas mãos de sucessivos donos, a peça foi finalmente vendida em 2019 pela impressionante soma de 350.000 libras.

Com efeito, depois que as fotos do casal de dançarinos foram divulgadas em jornais e revistas, Diana recebeu da mídia o apelido de “rainha do disco” e o longo de veludo azul-noturno que ela estava usando ficou conhecido como “o vestido Travolta”. Durante a promoção do musical Hairspray, em 2007, John concedeu uma entrevista à TV holandesa Één, dando mais detalhes sobre o que para ele pareceu um momento de conto de fadas:

Eu não sabia ou esperava dançar com a princesa Diana e foi a esposa do presidente, Nancy Reagan, quem disse: “O desejo é dela”. À meia-noite, tive que dar um tapinha no ombro dela [Diana] e dizer: “Você gostaria de dançar?” Ela se virou e inclinou a cabeça daquele jeito “Lady Diana” e ficamos 15 minutos dançando. Eu nunca esquecerei isso. Fiquei tão honrado por poder vivencia-lo e sei que foi de fato um dos destaques de sua estadia nos Estados Unidos; era o seu momento favorito. Então, sinto que melhorei a vida dela; ela tornou a minha vida melhor; e lamento muito que ela não esteja mais aqui.

Já no ano de 2014, o ator de Nos Embalos de Sábado à Noite disse numa entrevista ao Telegraph que ficou muito nervoso “porque eu a tinha visto dançar com o [príncipe] Charles de antemão, então percebi que ela era boa. Mas parecia que era ela quem estava conduzindo-o e como eu sabia que todo mundo estava observando, achei que precisava lhe dar a certeza de que eu sabia o que estava fazendo”. Em seguida, Travolta contou que “coloquei a minha mão do meio nas costas dela, abaixei a sua mão para que não ficasse tão elevada, dando-lhe a confiança de que seguiríamos muito bem”. Os dois dançaram os som da trilha de Nos Embalos de Sábado à Noite e de You’re The One That I Want, do musical Grease.

Numa outra entrevista ao Yahoo Entertaiment, John Travolta afirmou que “eu não sabia até chegar lá que deveria dançar com ela”. Ele continuou: “[A princesa Diana] manteve isso em segredo quando me encontrou. Ela não sabia que Nancy Reagan ainda não havia me dito que esse era o plano – que eu era o príncipe encantado da noite”. Embora nervoso, conforme disse em muitas ocasiões, o ator ficou “impressionado” com a destreza da princesa de Gales: “Ela guiou o passo e eu pensei: ‘Bem, isso não vai acontecer! Tenho que voltar aos meus dias de escola, aprendendo dança de salão e mostrar que posso conduzi-la”. Desde os tempos de colegial, Diana se destacava principalmente em atividades físicas, como a natação e a dança. O balé era um de seus hobbies favoritos e ela possuía um talento notável para as artes. Todo os convidados puderam perceber isso, à medida em que ela girava, conduzida pelos braços de John. Entre as outras pessoas que estavam ali presentes, destacavam-se Neil Diamond e Leontyne Price (que cantaram naquela noite), Tom Selleck, Gloria Vanderbilt, Estée Lauder, Clint Eastwood e Mikhail Baryshnikov.

 

Na época, o Washington Post noticiou que os convites de Travolta, Eastwood e Diamond foram uma solicitação especial feita pela princesa. Ao saber disso, Diamond afirmou que havia ficado em estado de nervos: “Prefiro enfrentar uma plateia de 20.000”, disse. Quando Travolta fez o pedido à princesa e ela aceitou, seus pés deslizaram rapidamente pelo chão, com a magia que somente ambos, saídos de um mundo tão diferente, poderiam criar. Houve entre eles naquele momento a criação de vínculo tácito, conforme o ator revelou ao Telegraph. Segundo ele, ali estavam duas pessoas engaioladas na “prisão das celebridades”, “duas vítimas dançando juntas”. De acordo com as suas reminiscências: “Havia realmente algo adorável e infantil nela e eu senti que a tinha levado de volta à infância, quando ela provavelmente assistia Grease. Naquele momento, eu era o seu príncipe encantado”. Durante a noite, Diana também dançou com outros parceiros, incluindo o presidente Reagan, Eastwood e Selleck. Refletindo sobre seu momento com a princesa de Gales, John Travolta, agora com 66 anos, disse: “Ela era encantadora, adorável e com os pés no chão”.

Última foto da princesa Diana usando o “vestido Travolta”, numa foto de 1997, tirada dois meses antes de sua morte.

Infelizmente, nenhum vídeo do casal dançando foi feito na ocasião, apenas algumas fotos, que acabaram se tornando registros icônicos do último quartel do século XX. Na época, Diana tinha 24 anos e estava casada com o príncipe Charles há quatro, quando seus filhos William e Harry já haviam nascido. Travolta, por sua vez, tinha 31 e seis anos mais tarde ele acabou se casando com Kelly Preston. O que aconteceu em seguida, porém, foi bastante traumático para a vida da princesa: Charles assumiu publicamente o seu caso extraconjugal com Camilla Parker Bowles e logo depois veio o divórcio oficial, em 1996. Diana passou então a se dedicar a trabalhos comunitários junto às vítimas de Aids e aos feridos de guerra. Dois meses antes do trágico acidente que ceifou sua vida em Paris, no dia 31 de agosto de 1997, ela leiloou 70 trajes de sua coleção, incluindo o famoso “vestido Travolta”, em prol de causas beneficentes: “É claro que é uma tristeza me livrar dessas lindas roupas. Contudo, fico extremamente feliz que agora outros poderão compartilhar da alegria que eu sentia ao usa-las”, revelou na ocasião a eterna princesa de Gales.

Bibliografia:

MORTON, Andrew. Diana: sua verdadeira história em suas próprias palavras. Rio de Janeiro: Best Seller, 2013.

Sites:

ANABEL MAGAZINE, BIOGRAPHY, CNN Style, HARPER’S BAZAR, METRÓPOLES, READER’S DIGEST, SHOWBIZ CHEATSHEET, USA TODAY, VANITY FAIR e WOMAN & HOME. – Acesso em 12 de julho de 2020.

Um comentário sobre “Nos embalos da Casa Branca: o dia em que John Travolta tirou a princesa Diana para dançar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s