Caçando, passeando e navegando: Novas fotos mostram a intimidade da família Romanov.

Os Romanov foram, sem sombra de dúvidas, uma das famílias reais que mais fotografadas. Não apenas em eventos formais, onde aparecem com expressões sérias, poses estudadas e trajes de corte, como também em momentos de distração, onde passam a imagem de uma simples família burguesa, caçando, cuidando do jardim, passeando de barco ou aproveitando a neve. Existem atualmente milhares dessas fotografias espalhadas em arquivos digitais e museus. Recentemente, algumas dessas imagens, datadas de 1914-15, foram descobertas, onde podemos ver o czar Nicolau II conduzindo seus filhos para um passeio de trenó e desfrutando de outros momentos de lazer, como em uma excursão de verão pelo lago. Tais documentos deixam transparecer uma visão mais intimista dos Romanov, apenas alguns anos antes de serem assassinados.

O czar Nicolau II e seus filhos são vistos desfrutando de um passeio relaxante em um lago no Palácio Gatchina, nos arredores de São Petersburgo, em 1915.

As brincadeiras agradáveis das crianças da família imperial nas férias, antes dos turbulentos últimos anos de revolução que marcaria o fim de suas vidas.

Duas crianças vestidas em trajes brancos se unem com seus chapéus de abas largas em um caminho arborizado durante uma viagem em família.

Os Romanov desfrutavam de uma vida de prosperidade aparentemente interminável e dominaram cerca de um sexto da superfície da Terra no início do século XX. Eles foram os últimos monarcas imperiais da Rússia, mas desapareceram misteriosamente em 1918 nas mãos dos revolucionários bolcheviques. Cem anos depois, a investigação sobre o desaparecimento do czar Nicolau II, sua família e seu séquito permanece aberta até hoje.

Cinco das crianças Romanov são vistas desfrutando de um passeio de trenó na neve.

O czar Nicolau II, sua filha Olga e Alxei são vistos brincando na neve em São Petersburgo por volta de 1915.

Alguns membros da família andam de bicicleta pela neve.

As crianças imperiais durante as férias de verão.

Momentos íntimos de suas vidas foram capturados por Herbert Galloway Stuart, professor de inglês que ensinava aos sobrinhos do czar Nicolau II, entre os anos de 1908 e 1916, período marcado por revoltas sociais, guerra e descontentamento, que acabariam por levar à queda da dinastia Romanov, que governada a Rússia há mais de 300 anos. Foi também um período de turbulência pessoal para a família, que lutava contra a doença do czar e do jovem filho da Czarina, Alexei Nikolaevich, que apresentava hemofilia B com risco de morte, uma condição sanguínea rara e considerada a infame “doença real”, transmitida aos descendentes da rainha Vitória. Agora em exibição pela primeira vez, as fotos fazem parte de uma enorme coleção que enche 22 álbuns em uma exposição especial no Museu da Ciência em Londres.

Do lado de fora do palácio, os membros da família sentam-se em trenós e em uma carruagem puxada por cavalos durante um frio inverno russo.

Nicolau Romanov com seu filho e sobrinhos caçando.

Esta fotografia foi tirada durante um período de grande agitação social, guerra e descontentamento que acabaria por levar à queda da dinastia Romanov, de 300 anos de idade.

152/5000 Um banquete ao ar livre pode ser visto com uma mesa espalhada adornada com copiosas garrafas de vinho.

A descoberta das fotos aconteceu quase que por acaso, quando Natalia Sidlina, curadora da nova exposição do Museu de Ciência, procurava material diverso. Durante a busca, a curadora encontrou um caixote de madeira e, dentro dele, fotos há muito esquecidas. “O que me surpreendeu foi o quanto esses álbuns eram parecidos com os álbuns de família que temos … os Romanovs pareciam como qualquer família de classe média”, disse Sidlina ao The Guardian. “Esta exposição revela lados anteriormente sombrios de uma história muito complexa, que ainda mantém a atenção das pessoas, 100 anos após a sua passagem.” Além de proporcionar um vislumbre fascinante de suas vidas diárias, a exibição das fotos acontece na medida em que os avanços dos testes de DNA podem revelar as respostas finais para a morte da família.

Fonte: Daily Mail – Acesso em 30 de novembro de 2018.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s